Notícias



  • 26 May 2022
  • Comentarios
ABERTO O PROGRAMA DE CELEBRAÇÃO DO CENTENÁRIO DE A...

Luanda – Sob o lema “Angolanos de Mãos Dadas Para o Futuro”, o Memorial António Agostinho Neto acolheu nesta segunda-feira (23), a cerimónia de abertura do ciclo de conferência e palestras em alusão as comemorações do Centésimo aniversário do primeiro presidente de Angola Dr. António Agostinho Neto.

O Secretário de Estado para Defesa e Veteranos da Pátria, General Domingos André Tchikanha, presidiu o acto em representação do Ministro da Defesa Nacional e Veteranos da Pátria. As actividades programadas terão a duração de quatro meses, terminando a 17 de Setembro com um culto ecuménico e um acto solene de condecorações.

Na ocasião o dirigente afirmou que o conjunto de actividades enunciadas a nível do Ministério da Defesa Nacional e Veteranos da Pátria e das Forças Armadas Angolanas, enquadram-se no vasto programa do Executivo para render o merecido tributo ao Dr. António Agostinho Neto, primeiro presidente de Angola Independente, politico, escritor, médico, humanista e Herói Nacional pela passagem do seu centenário e enaltecer a sua obra   e legado que constitui património de todos os povos de África e do mundo.

O responsável referiu que as múltiplas dimensões do fundador da nação angolana, ultrapassam de facto as nossas fronteiras nacionais pela sua enorme contribuição à justa luta dos povos oprimidos do mundo pela sua liberdade, independência e auto-determinação.

Ao terminar a sua intervenção, o General Domingos André Tchikanha manifestou-se satisfeito pela a realização da referida cerimónia, numa altura em que os esforços da nação convergem na preservação da paz e da democracia, onde são visíveis os ganhos da paz e reconciliação nacional, a construção e reabilitação de infra-estruturas, a captação de investimentos e o melhoramento das condições de vida dos cidadãos.

Por outro lado, a cerimónia foi prestigiada com uma palestra intitulada “Dimensão Política e Cultural de Agostinho Neto”, ministrada pelo deputado à Assembleia Nacional Roberto de Almeida que teve como moderador o General reformado e deputado Dino Matrosse.

Durante a sua intervenção, Roberto de Almeida referiu que  “Neto despertou desde muito cedo um espírito nacionalista, começando por escrever artigos de intervenção cívica. Não sabia ele que viria ter um grande impacto a nível de África e de outras paragens do mundo pelas quais passou.

Enquanto guerrilheiro, Neto lutou e ensinou os seus companheiros a lutar até ganhar”, frisou.

Durante os quatro meses o centenário expandir-se-á em várias outras províncias para que todos possam conhecer o legado de Agostinho Neto.

De recordar que Agostinho Neto nasceu a 17 de Setembro de 1922 em Kaxikane, Catete e faleceu a 10 de Setembro de 1979 em Moscovo Rússia.

Participaram do envento deputados à Assembleia Nacional, distintos directores nacionais, quadros e funcionários do Ministério da Defesa Nacional e Veteranos da Pátria, oficiais generais, almirantes, oficiais superiores, comissários da Polícia Nacional e trabalhadores civis.

Saiba mais
  • 25 May 2022
  • Comentarios
RESULTADOS FINAIS DO CONCURSO PARA ADMISSÃO DE QUA...

A Direcção Principal de Pessoal e Quadros do Estado Maior General, convoca a todos candidatos especialistas de saúde admitidos, a comparecer as 7:00 horas do dia 26 de Maio no Centro de Classificação e Seleção de Luanda localizado no Campo Militar do Grafanil para efectuarem o pré registo devendo para o efeito se fazerem acompanhar do respectivo bilhete de identidade e de um extrato bancário para formalização da situação administrativa.

Saiba mais
  • 25 May 2022
  • Comentarios
FORÇAS ARMADAS DE ANGOLA E DA ÁFRICA DO SUL REFORÇ...

Luanda – Delegações do Estado-Maior General das Forças Armadas de Angola e da África do Sul abordaram, nesta segunda-feira, em Luanda, questões ligadas à cooperação nos domínios da indústria, saúde militar e formação em língua inglesa.

O reforço dos mecanismos de defesa colectiva, das missões de paz e da Força de Alerta da Comunidade de Desenvolvimento para a África Austral (SADC) constaram também da agenda do encontro,em que a comitiva angolana foi encabeçada pelo chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas Angolanas (FAA), Egídio de Sousa e Santos.

A delegação sul-africana foi liderada pelo chefe das Forças de Defesa Nacional, Rudzani Maphwanya, que efectua, de 22 a 28 do corrente mês, uma visita de trabalho ao país, no quadro do reforço da cooperação bilateral.

Ao intervir no acto, o general de Exército Egídio de Sousa e Santos realçou a irmandade e os laços de cooperação existentes nos vários domínios, tendo destacado a concertação política, diplomática e militar entre os dois países, por garantir coesão para enfrentar, colectivamente, as ameaças de terrorismo que assolam a região.

“A SADC tem sabido ler os sinais, para agir de forma proactiva e, assim, a África do Sul, como presidente do Órgão de Cooperação nas Áreas de Política, Defesa e Segurança, não tem poupado esforços em responder às mudanças do ambiente geopolítico na região austral”, sublinhou.

Egídio de Sousa e Santos lembrou que no dia 28 do corrente mês será realizada em Malabo, Guiné Equatorial, uma Cimeira Extraordinária dos Chefes de Estado e de Giverno da União Africana (UA) sobre Terrorismo e Mudanças Inconstitucionais de Governo em África, sob propostas de Angola.

Por sua vez, o chefe das Forças de Defesa Nacional da África do Sul disse que a sua visita visa reforçar a cooperação bilateral e considerou fundamental a elaboração de um balanço das actividades realizadas entre os dois países, que cooperam desde 1998.

Saiba mais
  • 20 May 2022
  • Comentarios
CHEFE DO ESTADO MAIOR GENERAL MANTEVE ENCONTRO COM...

Luanda- O  Chefe do Estado Maior General das Forças Armadas Angolanas , General de Exército, António Egídio de Sousa Santos “Disciplina”, manteve quinta-feira (19), em Luanda, um encontro de trabalho  com  o secretário de Estado do Ministério  da Defesa da República da Sérvia, General Aleksander Zivkovic, com quem abordou questões ligadas a cooperação no domínio militar .

No decorrer do encontro , o General Disciplina destacou  os ganhos e a importância da formação de quadros militares angolanos a modernização da técnica militar das Forças Armadas e a construção de infraestruturas, acções de solidariedade que  conta com a ajuda de muitos países amigos, incluindo a República Sérvia .

Fruto dos compromissos saídos da 5ª reunião do comité-conjunto, Angola/Sérvia, o alto dirigente das FAA recordou que actualmente  encontram-se na Sérvia seis (6) militares angolanos em formação nos estabelecimentos de ensino militar da Sérvio, no quadro da cooperação bilateral.

O secretário de Estado do Ministério da Defesa da República da Sérvia, General Aleksander Zivkovic, encontra-se em Luanda, para uma visita de trabalho de alguns dias

Saiba mais