Mensagem do Comandante

Estimados internautas e leitores sejam bem-vindos a nossa página que servirá de certeza para intercâmbio de informações sempre em prol do bem comum. continuar a ler


General Jaque Raúl
COMANDANTE DO EXÉRCITO

Últimas Notícias

Veja abaixo

  • 02 Jan 2022
  • Comentarios
MINISTRO CONSTERNADO COM A MORTE DO ANTIGO 2º COM...

Luanda - O Ministro da Defesa Nacional e Veteranos o da Pátria, João Ernesto dos Santos ”Liberdade”, manifestou-se consternado pela morte do antigo  2º Comandante  da Escola Superior de Guerra (ESG), Brigadeiro Noé Caumba, falecido no passado dia 26 de Dezembro, em Luanda, por doença.

Na mensagem de  condolências o Ministro destaca os feitos do Brigadeiro Noé Caumba, que muito cedo se notabilizou na luta armada pela conquista e preservação da Independência Nacional.

O malogrado notabilizou-se  também na organização e gestão da Escola Superior de Guerra,  onde ocupou vários cargos a nível da direcção deste estabelecimento de ensino militar.

“Nesta hora de dor  e luto a que me agrego, em nome do Ministério da Defesa Nacional e Veteranos da Pátria e no meu próprio, curvo-me perante a memória do malogrado e apresento ao Estado Maior General das Forças Armadas Angolanas, por vosso intermédio, à família enlutada, a expressão dos meus sentidos sentimentos pelo infausto acontecimento”, lê-se na missiva.

Mensagem do CEMG/FAA

Numa outra mensagem, o  Chefe do Estado Maior General das Forças Armadas Angolanas, General de Exército António Egidio de Sousa Santos “Disciplina”, manifestou  igualmente sentimentos de pesar pelo falecimento do Brigadeiro Noé Caúmba.

Na sua mensagem, o General Disciplina, refere que o malogrado foi um combatente e pedagogo, com uma carreira brilhante e um perfil dedicado a causa dos nobres ideais da Pátria.

“O seu desaparecimento físico prematuro, constitui para todos uma perda irreparável e difícil de preencher”, destaca o General Disciplina.

Saiba mais
  • 22 Dec 2021
  • Comentarios
EXÉRCITO ANGOLANO CELEBRA 30 ANOS DE EXISTÊNCIA

Lubango – O Exército angolano, maior ramo militar das FAA, comemorou no passado dia 17 de Dezembro no Lubango província da Huíla, 30 anos da sua criacção em 1991 ao abrigo dos acordos de Bicesse rubricado em Estoril-Portugal entre o Governo e a UNITA, transformou-se num símbolo de unidade e reconciliação nacional, através da integração de efectivos de ambas as partes com a criacção deste instrumento vocacionado com a defesa do território numa base rigorosamente apartidária.

 

Num grande e digno tributo de todos aqueles que ao longo destas três décadas têm dado toda sua força, capacidade, inteligência, profissionalismo sobretudo um elevado sentido do dever materializando na palavra de ordem. “PATRÍA AOS SEUS FILHOS NÃO IMPLORA. ORDENA”!

 

Na ocasião, o General de Exército e Chefe do Estado Maior General das FAA António Egídio de Sousa Santos que presidiu o acto, disse que foram vários os sacrifícios consentidos pelos melhores filhos de angola, particularmente pelos bravos militares do Exército que se bateram heroicamente nos campos de batalha para preservar a integridade no solo pátrio e contribuir para o alcance da paz tão almejada, bem como a criação de condições de segurança para o processo de reconstrução nacional.

 

O dirigente, disse ainda que durante os trinta anos de existência, o Exército não só esteve em altura da sua nobre missão, como também, evoluiu satisfatoriamente na sua estruturação, na formação de quadros, no melhoramento das infraestruturas de aquartelamento da tropas com eficiente disposição técnica e combativas das suas unidades.

Referiu que os importantes acontecimentos que a história regista, teve o seu momento mais alto em Luanda á 4 de Abril de 2002 com assinatura formal dos instrumentos que marcaram o virar de páginas de um prolongado e destruidor conflito militar, dando início a uma nova era de coabitação pacífica entre todos os cidadãos independentemente das suas convicções.

 

Em 2003, eram dados os primeiros passos no processo de reedificação, e em simultâneo dava-se também início ao processo de desminagem em todo território nacional, a reconstrução e construção de quarteis, escolas, academias e institutos, a reorganização das unidades, a formação de quadros no exterior e no interior do país entre outras exigentes tarefas enquadradas na preparação permanente das tropas, para garantir a defesa da integridade territorial, Frisou o General de Exército. 

 

O General de Exército António Egídio de Sousa Santos, afirmou que o Exército lado a lado com outros Ramos das Forças Armadas, estão empenhados na execução das tarefas previstas nas directivas do Comandante-Em- Chefe, General João Manuel Gonçalves Lourenço, com a finalidade de tornar mas adequado, no elevar da capacidade operacional para fazer face a qualquer cenário que colocam em causa os interesses da nação.

 

Ao terminar, reiterou os sentimentos de profunda gratidão a todos que ao longo dos 30 anos de aturado trabalho tornaram possível a realização de um sonho, a criação do Exército que é hoje uma instituição de prestígio para toda a sociedade.

 

Rendo uma profunda homenagem aos militares e trabalhadores civis do ramo do Exército que perderam as suas vidas no cumprimento dos seus deveres patriótico, rápidas melhoras para os que se encontram doentes nas nossas unidades sanitárias ou nos respectivos domicílios, culminou.

 

Encerramento do 3º curso dos Especialistas de Educação Patriótica

 

A comemoração do dia do Exército coincidiu com cerimônia de encerramento do 3º curso dos Especialistas de Educação Patriótica das Forças Armadas Angolanas, um processo que segundo o Chefe do Estado Maior General das FAA, Egídio de Sousa Santos, vai criar grande dinâmica no fortalecimento das qualidades psico-morais e elevar os nobres valores das Forças Armadas Angolanas, promovendo a fidelidade a pátria, virtudes que em momento algum deve ser banalizadas sobre tudo pela massa juvenil, a quem recaí a grande responsabilidade de defender o país em todas as circunstâncias.

 

O bom militar deve ser aquele que guia a sua conduta nos limites fixados pelas leis, normas e regulamentos militares, princípios nobres e inalienáveis que enobrecem as nossas instituições militares na valorização dos símbolos da pátria e da história do país, na transmissão da sabedoria e da experiência dos nossos heróis influenciando positivamente, os esforços dos Comandantes e chefes a todos os níveis, frisou.

Saiba mais
  • 11 Dec 2021
  • Comentarios
EXÉRCITO REALIZA MANOBRA TÁCTICA DE BATALHÃO COM T...

O Exército realizou de 23  a 24 de Novembro, no Centro de Adestramento Soba Matias, na província do Cuando Cubango, uma manobra tática de batalhão com tiro combativo .

 

O treino militar que envolveu o 1º Batalhão da 72ª Brigada de Infantaria Motorizada da Região Militar Leste, foi testemunhado pelo Comandante do Exército, General Jaque Raúl e demais oficiais generais, superiores e convidados.

 

A apresentação do plano da manobra ocorrido no dia 23, marcou o inicio do exercício com a realização de tiro real, traduzido na superação de um obstáculo aquático com técnica blindada.

 

Em tom de satisfação e ao ritmo da canção militar que anunciava o sentimento do dever cumprido, o Brigadeiro Amadeu Constantino, Comandante da Brigada, destacou os vários momentos que marcaram a preparação da manobra e o facto da sua unidade ter transformado “uma mata  em quartel e um bom lugar para viver”.

   

A Brigada cumpriu com todas as fases de coesão das tropas, desde o alojamento, a preparação individual, passando pelas fases de secção, pelotão, companhia e culminou com a fase do Batalhão. 

 

A Brigada entrou com o “pé direito “ e sai vitoriosa,  porque conseguiu  cumprir a missão, com êxito. 

 

A margem da manobra, foi inaugurado o túmulo do soldado desconhecido.

 

“Neste lugar que não passava de uma mata,  com as nossas próprias mãos conseguimos transforma-lo em quartel que dignifica o nome das FAA,” afirmou o Brigadeiro Amadeu Constantino.

 

A mesma satisfação foi manifestada pelo Comandante do Exército que preferiu transformar o resumo da manobra em uma aula com os comandantes de Secções, Baterias, Companhias e Grupos .

 

Na ocasião, o Comandante  do Exército enumerou os ganhos alcançados com a realização da referida manobra. 

 

“O grau de satisfação é muito grande, as tropas conseguiram mentalizar tudo aquilo que preparamos para eles, visto que foi possível avaliar o nível de preparação combativa e superação das tarefas táticas das tropas que foram programadas”, sublinhou.

 

Saiba mais
  • 11 Dec 2021
  • Comentarios
RESTOS MORTAIS DO TG GENY JÁ REPOUSAM NO CEMITÉRIO...

Luanda - Os restos mortais do Tenente General, Eugénio Lopes da Silva Quaresma “Geny”, Chefe da Direcção de Logística do Exército, falecido por doença, a 28 de Novembro do corrente  ano, em Portugal, já  repousam no cemitério Santa Ana.

No decurso   da cerimónia, o Ministro de Estado e Chefe da Casa de Segurança do Presidente da República, Francisco Pereira Furtado, destacou a bravura e o desempenho do malogrado nas várias missões cumpridas, em prol da defesa dos interesses da Independência e da Nação.

O governante recordou o papel crucial desempenhado pelo Tenente General Geny em várias missões militares, com particular realce para as operações “Saudemos Outubro”, “Segundo Congresso” e “Zebra “.

“O General Geny foi um militar que a história deve reconhecer e registar os seus feitos”., afirmou Francisco Furtado.

Por sua parte, o General na reforma, Pedro Neto, antigo Comandante da Força Aérea Nacional, lamentou a perda prematura do Tenente General Geny, com quem partilhou momentos de alegria e de tristeza.

“Participei em algumas operações onde ele era o nosso logístico. Os logísticos são a alma de combate, porque ali onde não há logística, não há condições para combater e tivemos episódios muito alegres mesmo em situações de combate”, recordou.

Para o Almirante Miau, foi um choque receber a triste notícia do passamento físico de um amigo de longa data.

“É um momento de tristeza, perdemos muito com seu desaparecimento físico, mas estamos aqui presente para mostrar a nossa solidariedade à família e aos colegas do Ramo e da especialidade”, ressaltou. 

 O Tenente General Eugénio Lopes da Silva Quaresma “Geny”, foi a enterrar no dia 5 de Dezembro. 

Representantes do Órgãos de Soberania, Defesa e Segurança, Auxiliares do Titular do Poder Executivo, Sociedade Civil, familiares e amigos, renderam última homenagem ao malogrado.

 

 

 

 

Saiba mais
REVISTA MILITAR DO EXÉRCITO

A Revista Militar, edição número 67, acaba de sair com um número especial dedicado ao 29º aniversário das FAA, comemorado no dia 9 de Outubro de 2020. A revista, destaca: A mensagem do Presidente da República e Comandante-em-Chefe das FAA por ocasião do Aniversário das FAA | Exército reabre Escolas e Centros de Instrução Militar | Comandante do Exército confere posse aos Oficiais Coronéis.

DOWNLOAD

Eventos Recentes

Eventos Agendados

Militares em Destaques